Sobre o Blog

Examinando Pixels é a versão em português do blog Perusing Pixels, um diário fotográfico da jornada da jogadora Twin Pistols através da série de jogos Tomb Raider. Use os links à direita para encontrar um jogo ou fase em particular, ou veja abaixo o último post.

Siga @PerusingPixels no Twitter e/ou curta a página do Facebook para atualizações do blog original e outras coisas relacionadas a Tomb Raider.

Monday, January 23, 2012

Recapitulando: Tomb Raider

Escrever uma análise objetiva de Tomb Raider seria algo impossível, para mim. Eu sou muito chegada ao jogo, para vê-lo através de qualquer outro ângulo, além daquele dos meus olhos de fã. Em vez disso, eu emprestei algumas das perguntas do Desafio de 30 Dias de Tomb Raider, de Jeremy, e da adaptação de Stella do mesmo desafio, e usei algumas perguntas minhas, para fazer uma pequena e agradável recapitulação.

Então;


Fase Favorita / Menos Favorita

Escolher uma fase favorita é difícil, porque todas elas têm seus méritos. Os pontos altos incluem Obelisk of Khamoon (por sua beleza pura), Atlantis (por puzzles e armadilhas) e Sanctuary of the Scion (porque, ei, eu adoro escaladas). A fase Natla's Mines também tem um lugar especial em meu coração, graças ao quanto eu costumava achar assustador quando o silêncio mortal é interrompido por aquele sotaque sulino, murmurando,  “não é nada pessoal…”, seguido pelo som de tiros.
Fase menos favorita? Bem, ela não é exatamente terrível, mas eu me cansei da fase Colosseum bastante rápido.

Inimigo Favorito / Menos Favorito

Por serem fáceis de matar (e porque eles são tão fofos), meu inimigo favorito teria que ser o crocodilo. De seus pequenos grunhidos a seus espamos de morte, não há muito pra se odiar neles.
Além disso, eles não aguentam muitas balas, e (na maior parte do tempo) ficam na água, e fora do seu caminho.
Em termos de ser genuinamente assustadora e incrível, o meu voto vai para a pantera-múmia. Eu não sei porque acho as panteras-múmias mais assustadoras que os Atlantes. Eu acho que sempre achei múmias um pouco estranhas.
Quanto ao menos favorito?
Bem, Atlantes alados são bastante irritantes, mas, pelo menos, eles só aparecem em duas fases, e não existem muitos deles. Então eu ficarei com o primo softcore, mas mais abundante, deles, o morcego. Sério, ninguém gosta de morcegos.



Arma Favorita

Bem, só exitem quatro armas, e a única que eu não usei foi a espingarda, porque eu nunca parecia ter muita munição para ela, e eu não queria ficar sem munição bem quando estava atirando em algo. As Uzis impediram coisas de tentar me comer/me incinerar, o mais rápido, então elas ganham.

Puzzle Favorito


O melhor puzzle é o da doppelgänger de Atlantis; do nada, ficar cara a cara com uma horrível versão carnosa de Lara é, simplesmente, tão inesperado.

image

Retratada: Combustível de Pesadelos
Música Favorita

Eu não acho que é algum exagero, quando eu digo que Nathan McCree é o maior músico que já viveu. As suas piores composições para Tomb Raider são tão fora de série e fantásticas, que elas me fazem cair de joelhos, e reverenciar a maravilha que é o seu trabalho. Entretanto, se eu tivesse que escolher uma favorita para este jogo, ela seria esta daqui; o curto tema que toca quando você entra na sala principal, em St Francis’ Folly.

Cena Favorita

Qualquer cena com a Natla é sempre boa; o FMV logo após a fase Sanctuary of the Scion é, particularmente, o meu favorito.


Veja só, eu consigo postar vídeos agora! Lara está fantástica, em todas as maneiras de se ser fantástica, nesse vídeo. 


Momento Mais Assustador

Eu achei que fosse ser Atlantis, mas, na verdade, eu achei as fases egípcias as mais assustadoras. Um momento que se destacou foi quando eu estava pendurada, oscilando sobre algumas portas, em Obelisk of Khamoon, e eu simplesmente sabia que, se eu caísse, eu seria espancada até a morte por panteras-múmias.

image

Estas portas. *Tremores*
Momento Mais Emotivo

Eu chorei por causa de um crocodilo morto em St Francis’ Folly, embora eu estivesse bêbada no momento. Entretanto, a última vez em que eu joguei o jogo, eu fiquei bastante chocada com a sala de estátuas subaquáticas, em Sanctuary of the Scion, porque eu me esqueci que ela estava lá. Então isto ganha uma menção especial.

Traje Favorito

Bem, levando-se em consideração que a escolha é entre o traje clássico de Lara, e os casuais top curto e calças de tectel, que ela prefere usar quando está em casa, eu não acho que exista alguma competição.


Só para confirmar: O clássico.

Maneira Favorita de Matar Lara

Como se eu passasse o meu tempo intencionalmente matando a Lara!... Okay, bem, eu posso ter pulado em cima da mão de Midas algumas vezes mais do que o necessário...


Então medi-packs conseguem curar
imediatamente feridas provocadas por balas,
mas não há nada neles para prevenir que você vire ouro?
Conclusão

Tomb Raider foi um dos primeiros jogos 3D que eu já joguei, e eu amei ele. Embora ele não provoque a mesma admiração em mim agora, como provocava há treze anos atrás, eu ainda não consigo jogá-lo sem sentir uma doce pontada de nostalgia. Atmosférico e desafiador, o jogo é uma conquista fenomenal, para aqueles envolvidos. Resumindo; é incrível. 

No comments:

Post a Comment