Sobre o Blog

Examinando Pixels é a versão em português do blog Perusing Pixels, um diário fotográfico da jornada da jogadora Twin Pistols através da série de jogos Tomb Raider. Use os links à direita para encontrar um jogo ou fase em particular, ou veja abaixo o último post.

Siga @PerusingPixels no Twitter e/ou curta a página do Facebook para atualizações do blog original e outras coisas relacionadas a Tomb Raider.

Friday, March 2, 2012

Catacombs of the Talion

Eu não sei se esta fase foi incrivelmente curta, ou se só pareceu ser assim por causa da fase anterior, Barkhang Monastery, que poderia muito bem ser um jogo por si só, considerando o tempo que eu levei para terminá-la. Algumas pessoas já fizeram speedruns de Tomb Raider Legend inteiro em menos tempo (embora devamos admitir que isto não signifique muito).

Qualquer que tenha sido a duração real desta fase, eu fiquei grata por ela parecer curta. Isto foi em parte porque eu não queria passar outras sete semanas sem atualizar este blog, e em parte porque EU ODEIO IETIS PRA CARAMBA, e Catacombs of the Talion parece deleitar-se em enfiá-los em cada canto escuro que ela tem (isso é, quando esses cantos escuros não estão abrigando um bando gigante de leopardos-das-neves).

Usando o Seraph, Lara abre algumas catacumbas nas profundezas do Monastério Barkhang, e começa sua busca pelo Talion (que aparentemente ela está buscando agora (é, ninguém me contou também)).



Uma visão lateral sufocante de Lara nos saúda, ao começarmos a fase.



Um dos vários fossos escuros de Catacombs nos convida a se aventurar dentro dele (um convite que eu recuso educadamente sempre que possível).



Na verdade, eu não acho que existam tantos ietis nesta fase - talvez cinco? - mas eu tirei umas 200 fotos deste daqui, o que explica a minha confusão. Pelo lado positivo, esta fase foi bastante entediante, fotograficamente falando (pra ser honesta, ela não foi nem um pouco diversa em questão de jogabilidade, também), de modo que as imagens a seguir servem para encher um pouco o que poderia terminar sendo um dos meus posts mais curtos.

De qualquer maneira, eu amo como este ieti se parece nesta foto. Meio como se estivesse fazendo algum tipo de dança marcial. “Is this the way to Amarillo?…”



Esta foi a pior tentativa de fazer cavalinho que eu já vi.



Oh, o terror horripilante. Em uma nota à parte, porque diabos um ieti teria dreadlocks?

... Na verdade, eu suponho que, entre todos os penteados que um ieti poderia ter, dreadlocks fazem mais sentido. Sua lógica me superou novamente, Core Design.



Outra dança mortal no repertório dos ietis é a coreografia com balizas humanas.



Tá, firmeza, você me matou. Não precisa começar a cantar.



Esta pode parecer uma excitante cena de ação de Lara evitando por pouco o ataque de um cultista, mas na verdade ele simplesmente morreu naquela posição. Como um toldo cadavérico. Este tipo de decoração ficaria bem em Vilcabamba.



Entre fugir de bonecos de neve rolantes e matar ietis, Lara encontra tempo para fazer umas comprinhas.  “Isto vai servir para a fantasia de Halloween de Winston…”.    



Ei, veja! É um paredão íngreme de gelo, como aquele que Natla prometeu que você encontraria no Peru, mas você nunca encontrou, muito provavelmente devido a cortes no orçamento, conhecendo a Natla Tech. Natla provavelmente juntou os fundos do ‘paredão de gelo’ com um iogurte, e fez uma máscara facial.



Esta foi uma sala horrível. Ela era um breu, e tudo que você podia ouvir eram ietis gritando.



Pelo menos esta fase termina em um corredor um pouquinho mais alegre que o da última fase.



Bem, 59:09 não é um tempo particularmente rápido, então eu suponho que esta fase não foi tão curta quanto eu pensava...

... Porém, ela ainda foi mais longa que um speedrun de Legend! Hahahahaha!

Ah, como eu amo falar mal de Legend. Te vejo em Ice Palace.

No comments:

Post a Comment