Sobre o Blog

Examinando Pixels é a versão em português do blog Perusing Pixels, um diário fotográfico da jornada da jogadora Twin Pistols através da série de jogos Tomb Raider. Use os links à direita para encontrar um jogo ou fase em particular, ou veja abaixo o último post.

Siga @PerusingPixels no Twitter e/ou curta a página do Facebook para atualizações do blog original e outras coisas relacionadas a Tomb Raider.

Monday, January 30, 2012

Lara’s Home (Parte II)

(Parte I – Parte III)

A fase Lara’s Home faz um agradável retorno em Tomb Raider II, só que desta vez, Lara gentilmente deixou algumas portas a mais abertas, e aprimorou o seu patrimônio para incluir o mundo exterior. Ela também trouxe o seu mordomo, Winston (ou Jeeves, como era o seu nome, dado por fãs, antes de Tomb Raider V), de volta, de onde quer que ela tenha o escondido no último ano (talvez após acidentalmente encaixotá-lo e enviá-lo para armazenamento em seu depósito).

Eu não sei se eu deixei isso claro, em meu primeiro post sobre este assunto, mas eu amo a Casa de Lara. A idéia de construir um patrimônio inteiro para a sua personagem principal vagar por ele (criando uma premissa bastante crível para um tutorial, no processo), é, na minha cabeça, um golpe de gênio, útil tanto para a jogabilidade quanto para a caracterização da personagem. Foi uma grande decepção quando a casa não apareceu em Tomb Raider IV e V, e então foi horrivelmente mutilada em Anniversary.



A foto instantânea ilustrandro a Casa de Lara, no menu principal. Agora, Lara queria que Winston estivesse na foto, ou ele não iria parar de segui-la nem nos dois segundos que ela levou para tirar esta foto? Ela parece um pouquinho irritada.



A primeira vez que eu vi Winston, eu pensei que ele fosse um esqueleto, ou o Ceifador Sinistro, embora um Ceifador Sinistro bastante lento, que trouxe seus próprios refrescos (N.T.: o “Ceifador Sinistro”, ou “Grim Reaper”, no original, é a personificação da morte).



Uma das novas habilidades que Lara diz ter aprendido, desde a última vez que a vimos, é a habilidade de usar uma tirolesa. De fato, eu não me lembro da falta desta habilidade causar algum prejuízo em particular, em Tomb Raider I, apesar de que teria sido ótimo ter algumas tirolesas em Colosseum, para acelerar as coisas.



“Sinta-se livre para explorar o resto da casa e dos jardins,” Lara diz, após elogiar/ridicularizar o seu tempo final no percurso de treinamento dela. Se o resto do exterior da casa se parece com este jardim, eu acho que deixarei isso pra lá.



Felizmente, não se parece. Aqui está a fachada da esplêndida morada de Lara.



Aqui está a não tão esplêndida estátua de peixe de Lara.



O interior da Casa de Lara, como visto da porta da frente; e ah, veja só, ela finalmente modernizou aquele carpete medonho!



Existem alguns quadros repetidos na fase Lara's Home, mas esta instância bate todos os recordes. A mesma imagem, cinco vezes, em várias escalas e posições. É isto que você ganha por ter um mordomo de 300 anos de idade, cuja visão provavelmente parou de funcionar quando a Rainha Vitória ainda estava no trono (N.T.: a Rainha Vitória governou o Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda, atual Reino Unido, do ano de 1837 até sua morte, no ano de 1901).



Por que Lara está armazenando ouro na lareira? Nós descobriremos mais tarde.




Vários móveis de Lara a deixam parecendo uma anã; minha hipótese é que a tia dela (que deixou a casa para Lara em seu testamento) era uma mulher muito grande.



Às vezes você vê algo distintamente nada a ver com Lara, como um sofá com estampa de leopardo, e é forçado a se lembrar de que esta era a casa da tia dela.



Um jogo ousado pode incluir um vaso sanitário, mas que outros desenvolvedores de jogos teriam posto um bidê? Estou impressionada.



Ei, Lara tem uma escova de dentes amarela. Agora eu nunca mais terei que enfrentar o processo agonizante de escolha de cor, quando estiver comprando minha própria escova (a menos, é claro, que não haja uma amarela).



Outra coisa gigantesca deixada pela tia de Lara. Ela era o que, metade baleia?!



Eu tentei seduzir Winston a observar Lara, enquanto ela se “banhava”, mas ao invés disso, ele preferiu circular a sala, confuso, antes de sair novamente. 



Winston, de alguma forma, consegue encontrar um caminho até a inacessível varanda externa.



Naturalmente, existe uma explicação simples; ele consegue atravessar o vidro. É de se admirar que algumas pessoas achem este homem tão assustador?



De volta ao andar térreo, para dar uma olhada na cozinha.



Não é de se admirar que Winston esteja constantemente tentando forçar Lara a beber chá; olhe o tamanho da chaleira! Ele deve encher cerca de três barris, toda vez que faz chá.



A única coisa na geladeira de Lara são pedaços enormes de carne. Eu sei que saqueadores de tumba precisam de proteína, mas, pelo amor de Deus, Lara, uma cenoura não faria mal algum.



Naturalmente, é impossível jogar a fase Lara's Home, sem prender Jeeves no congelador. Na verdade, eu tenho certeza de que você não tem permissão para deixar a fase até fazer isto.



Eu o libertei novamente, entretanto, para ele poder me acompanhar pelo labirinto. Enquanto Lara vagava por lá, Winston preferiu praticar suas habilidades de alteração das leis da física, em uma cerca viva. 



Ei, são os gêmeos de Vilcabamba! Eu não me lembro de escondê-los no inventório em Tomb Raider 1, o que quer dizer que Lara voltou para lá mais tarde, e danificou um sítio histórico extremamente raro, só para poder ter alguns ornamentos de jardim exclusivos. 



Um botão no labirinto abre uma porta cronometrada, que leva até o porão, onde Lara guarda os tesouros que ela adquiriu em suas viagens, assim como o seu horrível carpete velho. 



Parece que Lara pegou mesmo uma das estátuas de gato das fases Shadow of the Cat. E ela foi inteligente em colocá-la em uma sala lacrada, caso ela se transforme uma pantera.



Eu amo as pilhas aleatórias de ouro, que Lara aparentemente acumulou em suas aventuras. Isto explica as lareiras (ver acima).



E isto conclui a nossa visita na Casa de Lara. Hora de ir para a China, para o primeiro capítulo da coisa incrível que é Tomb Raider II. Te vejo lá.

Saturday, January 28, 2012

The Hive

Finalmente! FINALMENTE!

Eu não estou dizendo que Tomb Raider Gold foi uma perda de tempo. Não foi. Mas, mesmo assim, eu estou feliz que ele tenha terminado.

Certo, vamos prosseguir com The Hive, que teve a decência de ser um pouquinho mais divertida que a última fase. Ela também está entulhada de Atlantes e me deixou poucas chances de tirar fotos, então eu enchi este post com imagens de Lara fazendo coisas incríveis.



Aqui nós temos - sim, você adivinhou - o começo da fase.



Um tabuleiro de xadrez, e uma infinidade de rochedos, que não entendem muito bem as regras do jogo. 



Sem legenda, eu só achei que ficou uma foto legal.



Lara tenta se agachar, mas falha. Continue tentando, garota. 



De novo, sem legenda, só uma foto legal.



Um raro close da cara de brava de Lara, que ela faz quando está atirando.



Hahaha, centauro estúpido.



Aparentemente, matar Lara não é tão importante quanto rir do que diabos esteja ali.



Este Atlante tenta arrancar na dentada a expressão raivosa de Lara, de quando ela está atirando. Graças a Deus existem limitações gráficas.



Embora eu tenha ficado feliz por ele estar imóvel, realmente não é algo agradável fazer uma curva, e dar de cara com o traseiro de um Atlante.



Havia cerca de dezesseis Atlantes nesta sala; felizmente, nenhum deles tinha a habilidade de saltar pequenas alturas e alcançar a posição levemente elevada de Lara.  É, uma raça muito superior, Natla.



Conforme ovos explodem em confete ao seu redor, Lara escorrega em direção a saída.



:D :D :D :D :D

Tomb Raider II, aqui vou eu!

Atlantean Stronghold

Eu não sei por que eu achei a fase Atlantean Stronghold tão chata. O design da fase foi suficientemente agradável. Haviam algumas construções bem interessantes. Entretanto, eu passei uns bons 7/8 do meu tempo desejando que eu não estivesse lá, e esperando que cada porta pela qual eu passasse fosse desencadear o final da fase.



Bem, nós estamos de volta à Atlântida, o pesadelo carnoso favorito de todo mundo.



Aparentemente, os materiais de construção Atlantes ainda consistem principalmente de vidro e tecido muscular.



Uma das construções interessantes na fortaleza. Parece que alguém construiu uma casa desenhada por uma criança de quatro anos, e a tombou para o lado (N.T.: O nome da fase, “Atlantean Stronghold”, significa “Fortaleza Atlante”).



A mesma construção se entende através do solo até esta sala, que tem aqueles ovos dourados gigantes, dentro dos quais os Atlantes gostam de crescer. 



Elas nunca serão tão assustadoras quanto panteras-múmias.



Aqui estão apenas três das dezesseis milhões de alavancas desta fase. Existe alavancas para tudo aqui - abrir portas, soltar monstros - diabos, provavelmente existe uma para transformar o lugar inteiro em uma boate com temática dos anos 70. 



Quero dizer, estas alavancas subaquáticas estão tão próximas de estampas de leopardo quanto as capacidades gráficas do jogo conseguiam gerar.



Como eu disse, algumas alavancas soltavam Atlantes, mas isso não quer dizer que haviam sinais de alerta próximos àquelas que faziam isso.



Aqui está outra foto da construção de antes, mas de um ângulo diferente. Eu estou realmente ficando sem screenshots boas.



Mergulhar por esse túnel foi os melhores cinco segundos da coisa toda. 



Eles finalmente atualizaram aquela decoração horrível?... Não, é só a placa de vídeo, dando trabalho.



Eu nunca fiquei tão feliz em ver as estatísticas finais. 

Embora isso seja altamente improvável, eu, de qualquer forma, espero que você tenha gostado de ler sobre esta fase mais do que eu gostei de jogá-la. Só mais uma fase antes de eu poder começar o meu amado Tomb Raider II...