Sobre o Blog

Examinando Pixels é a versão em português do blog Perusing Pixels, um diário fotográfico da jornada da jogadora Twin Pistols através da série de jogos Tomb Raider. Use os links à direita para encontrar um jogo ou fase em particular, ou veja abaixo o último post.

Siga @PerusingPixels no Twitter e/ou curta a página do Facebook para atualizações do blog original e outras coisas relacionadas a Tomb Raider.

Monday, September 17, 2012

Kingdom

Certo, esta foi uma fasezinha divertida. Não, eu não estou sendo sarcástica (uma vez ao menos), eu na verdade gostei mesmo de Kingdom. Foi simplesmente a mistura perfeita de matança, escaladas e puzzles, e também havia um cenário bem legal para ser observado. Ela não ficaria deslocada se fosse colocada em algum lugar entre as fases finais do jogo principal.

Então, Lara encontrou a máscara do título do jogo, algumas coisas aconteceram, e agora ela acabou caindo dentro de uma jaula, onde nossa aventura continua...



A fase começa com Lara ainda andando pela jaula mencionada acima.



Escapar da jaula é bastante simples, graças a uma alavanca e um botão de pressão convenientemente localizados, mas eu tenho certeza que Lara está logo desejando que tivesse ficado quieta no seu lugar, quando ela descobre que a fauna natural de Kingdom inclui ietis com acesso a tintura de cabelo alguns Pé-grandes (Pés-grandes?).



Como se isto não fosse ruim o suficiente (e acredite, é), o leopardo-das-neves também decidiu fazer o seu retorno. Cansada de matá-los, Lara decide montar em um, como alternativa.
Em uma nota à parte, você não quer ver a screenshot que precedeu esta aqui por alguns quadros. Apenas direi que fico feliz por não ter o nude patch instalado neste jogo. Quero dizer, eu sempre fico feliz por não ter o nude patch instalado, mas desta vez eu fico duplamente feliz.



O leopardo-das-neves não gosta nem um pouco de ser usado como alguma espécie de snowmobile primitivo, e ao invés disto decide ficar pulando ao redor da sala, de uma forma fabulosa, enquanto Lara o observa*.

*E por “o observa” é claro que eu quero dizer “o manda para o quinto dos infernos”, A.K.A. sua reação normal ao ver algo que se mexa. Dá dó do Winston.



Lara mostra o seu lado amável, e faz uma pausa para afagar o felino, após tê-lo sedado suficientemente.



Ah, pegadas enormes. O parente mais sutil do esqueleto da destruição.   



Apenas outra foto incrível de Lara matando um pé-grande. É claro que o adjetivo “incrível” pode ser usado para descrever qualquer foto de Lara matando um pé-grande, porque, você sabe, pé-grandes estão sendo feridos. 



Porém, a coisa não se resume apenas a mutilação assassina. Aquele urso polar dançante da última fase deixou todo mundo no clima para uma dancinha. 



8D



O Pé-grande Dançante fica um pouco agressivo quando Lara ousa criticar os seus movimentos.



Contudo, eles deixam suas diferenças de lado, e se unem para executar um grand finale para sua coreografia.



Tanta elegância! Tanta graça! O público vai à loucura.



O Pé-grande Dançante faz uma reverência para sua plateia de sasquatches animados e esqueletos indiferentes. 



Enquanto isso, Lara consegue sair da discoteca e segue para dentro da floresta. Eu amei esta área; ela é bonita e é um pouco diferente dos lugares que nós vimos até agora. Além disso, ela me lembrou de Tomb Raider III, o prêmio reluzente no final deste pacote de expansão.



No meio da floresta, estava uma construção, que incluía este coliseu pobre. Puxar uma alavanca fez um mercenário aleatório cair dentro da sala. 



Outra alavanca soltou uma dupla de esquimós baleeiros dentro da sala, e um duelo levemente interessante se seguiu.



Os baleeiros ganharam, no momento em que um terceiro baleeiro se juntou a eles, provavelmente com um pretexto não convincente e uma débil desculpa do porquê ele se atrasou para a matança de bandidos. Eu fui embora antes das coisas ficarem muito feias. 



As pinturas de caverna certamente assumiram um tom muito mais sombrio desde a última vez que nós as observamos. Eu nem quero saber o que esta coisa aqui representa. Felizmente, ela não se manifestou. 



Levou muitíssima exploração inútil em busca de algum tipo de diamante antes de eu perceber que você deve colocar a máscara no receptáculo. Em que mundo aquele buraco tem formato de máscara?!



Inserir a máscara em seu novo lar liberou esta variante gloriosamente dourada de uma daquelas coisas da fase Ice Palace. Uhúl.



Ficar próximo da besta é bastante mortal, embora às vezes ela deixará de tentar socar a Lara para que possa tentar coçar um lugar difícil de alcançar em suas costas.



Contudo, na maior parte do tempo ela apenas a persegue, enquanto Lara tentar ficar o mais longe possível. 



Nós eventualmente conseguimos prendê-la do outro lado desta sala, fazendo matar a coisa ficar só um pouquinho mais difícil que matar o seu irmão prateado.



Finalmente, ela morre da forma mais exagerada possível, incluindo um momento no qual ela ergue seu braço em direção ao céu, como se estivesse perguntando a Deus (ou qualquer que seja a divindade perversa que criou esta abominação) por que Ele a abandonou. Ela faz os crocodilos de Tomb Raider 1 parecerem blasé em relação à morte.



A besta finalmente morre, desencadeando o final oficial de The Golden Mask. Seis segredos de doze? Bem, eu tentei.

Saturday, September 8, 2012

Furnace of the Gods

Eu espero que você tenha tido tempo suficiente para contemplar as muitas observações inovadoras e inspiradoras que eu faço em minha análise da fase Fool's Gold (um aspirador de pó ligado a um marcador de etiquetas seria um bom substituto para um lança-chamas? Nós estamos em algum tipo de crossover anômalo-temporal com Futurama? Sério, qual é a dessas imagens todas de Stalin? (Francamente, eu deveria liberar algumas notas para estudo)), mas no momento é imperativo que sigamos para a próxima fase, principalmente porque eu estou desesperada para jogar Tomb Raider III, mas ainda tenho três fases deste jogo para terminar.

Pode parecer que eu não esteja particularmente gostando de The Golden Mask, e isto se deve em parte ao fato que eu não estou, mas tenho esperanças que isso mudará daqui para frente; Furnace of the Gods, uma vez que começou de fato, foi uma fase bastante agradável, com um visual bem variado. Além disso, algumas partes dela me lembraram de Atlantis - a Atlantis legal, não aquela de Unfinished Business.



O começo da fase, aparentemente. Pelo menos é a primeira imagem que aparece na minha pasta do FRAPS. Faz tanto tempo que eu comecei esta fase que eu pessoalmente não me lembro.



Continuando através de uma série de armadilhas de espinhos mal iluminadas, nós somos levados a esta sala gigantesca, fracamente iluminada por cima.



Ei, os lobos de Tomb Raider I voltaram! Com certeza isto dá uma variada naquela onda interminável de felinos articos.



... A cabeça e os pés dela estão em direções opostas. Esta foto faz o meu pescoço doer.



Entre lobos brincalhões e esqueletos preguiçosos, você pode dar uma espiada na Máscara Dourada, que dá nome ao jogo. Sim, nós já a achamos! Então nós podemos dar a volta, ir para casa, e jogar Tomb Raider III agora, certo Lara? Certo?



Os fantasmas de gelo da primeira fase aparecem novamente, posando como estátuas translúcidas.



Ao pegar a máscara, eles se tornam vivos, como você pode ver deste ângulo bastante dramático da câmera. Levou vários segundos de correria (Lara) e gritos (eu), antes de eu perceber que eles eram apáticos.



Aqui está a máscara, para quem quiser dar uma olhada mais de perto. Por que ela tem retalhos de pele no lugar onde os olhos deveriam estar? *Calafrios*



A Fornalha (ou onde quer que estejamos) está lotada de rostos feios entalhados nas coisas. Este aqui parece um Shinigami...



... E aqui nós temos o que só pode ser o resultado de um romance ilícito entre um boneco troll e uma árvore em decomposição.



A seção seguinte da fase gira, em grande parte, em torno do que eu erroneamente presumi ser um rio de ouro líquido.



No final das contas é somente um monte de líquido inflamável mortal com uma coloração extravagante.



Esta parte em particular me lembrou de Natla's Mines. Substitua o ouro por lava, e é quase como se você estivesse em um Tomb Raider clássico (só estou brincando, TR2G! Não fique bravo e me mande de volta para The Cold War agora!).



Eu nunca tinha visto a Lara fazer isto com suas pistolas antes. Isto é incrível! Está quase no mesmo nível de chutar uma águia na cara.


Eu me deparei com as seguintes pinturas de parede enquanto estava atravessando o rio. Tenha paciência comigo conforme eu tento traduzi-las. 


It’s fun to stay at the Y…M..C…A!



Um Urso Polar poser comete a infração blasfema de dançar livremente ao som do refrão da música, e é justificadamente condenado pelo Rosto Dourado Gigante das Coreografias Aceitáveis. 



Por seus crimes, o Urso Polar é jogado em um poço de fogo, que aparentemente o transforma em um cubo de gelo gigante. NÃO É ASSIM QUE O FOGO FUNCIONA. 



O Rosto Dourado é momentaneamente apaziguado, até notar o dançarino à sua esquerda fazendo movimentos que decididamente não têm nada a ver com um “C”...



No final, contudo, é o Urso Polar que ri por último, desfilando provocantemente ao redor de sua pequena caverna de gelo, e fazendo gestos totalmente nada a ver com o alfabeto, para contentar o seu coração.


 

Aqueles de vocês que tiveram dificuldade em seguir minha linha de pensamento para essas últimas fotos, por favor, apreciem estas imagens de Lara parecendo bêbada, como uma alternativa.



Qual é a desse jogo com estes finais de fase com abismos aparentemente intermináveis? 



Alguém realmente se dá ao trabalho de descer uma escada corretamente em Tomb Raider, ou vocês fazem como eu e simplesmente deixam Lara cair, apertando Ação de vez em quando para tentar evitar que ela quebre o pescoço? 



Lara encostada provocantemente em uma parede. “Oi, você aí.”



Outro momento bem Atlântico. Eu suponho que essa fase é uma Atlantis melhorada, uma vez que não há centauros nela. 



Nós terminamos a fase em uma jaula, guardada por um par de esquimós baleeiros (?). Nós passamos esta fase inteira indo para baixo, e contudo, de alguma maneira, emergimos em um lugar com um pouco de céu. Eu não estou reclamando, o céu ainda é uma novidade nesta série. 



Simplesmente ignore a parte dos segredos, okay?