Sobre o Blog

Examinando Pixels é a versão em português do blog Perusing Pixels, um diário fotográfico da jornada da jogadora Twin Pistols através da série de jogos Tomb Raider. Use os links à direita para encontrar um jogo ou fase em particular, ou veja abaixo o último post.

Siga @PerusingPixels no Twitter e/ou curta a página do Facebook para atualizações do blog original e outras coisas relacionadas a Tomb Raider.

Sunday, February 12, 2012

Diving Area

Felizmente, eu só conseguia recordar cerca de 0,17% desta fase, e portanto, quase tudo foi uma deliciosa surpresa. Bem, isso é, tudo exceto os lança-chamas. Eu me lembrava das fases localizadas no mar em Tomb Raider II como sendo um processo penoso de dezessete horas nadando e... espera aí, esta não era a minha lembrança de The Cistern? Será que eu simplesmente tinha uma aversão a fases com água, quando tinha 14 anos, que consegui superar ao atingir a maioridade? Eu acho que há um experimento científico aqui, em algum lugar.

Enquanto estou por aqui, eu mencionarei que esta fase (e a última) tem uma trilha sonora ambiente particularmente desconcertante, que inclui um barulho igual ao de Lara quebrando seu pescoço. Toda vez que eu o ouvi, eu tive que checar se Lara ainda estava viva (e que seu pescoço estava intacto).

Reunida com suas pistolas, Lara continua a explorar a plataforma petrolífera.



O começo da fase. Estes são os 0,17% mencionados acima que eu conseguia recordar. Além destes degraus, poderia haver um carnaval de unicórnios coloridos cantando os maiores hits da banda The Cure, até onde eu sabia.



Não unicórnios, mas ampla oportunidade para Lara desencadear seu tipo especial de ioga mortal.



Até mesmo os melhores saqueadores podem escorregar e cair às vezes, certo? Também, que diabos é essa coisa verde, e porque Lara morre no momento em que a toca? Um sinal de alerta teria sido legal.



Grande parte desta fase envolve subir esta escada.



Quinze dias depois...



Finalmente. Aquele cara não parece muito feliz em nos ver, mas, para ser justa, ele provavelmente está um pouco desgostoso por ter tido que passar a maior parte da sua vida adulta nessa sala, esperando Lara aparecer.



Uau, sério, que lugar estúpido para se colocar um cartão-chave.



Para o seu prazer, aqui está uma foto realmente assustadora de um cachorro, que eu consegui tirar. De nada.



A fase Diving Area introduz o reino do mais recente ganhador do prêmio de “inimigo mais irritante” da série Tomb Raider, o cara do lança-chamas. Ele geralmente aparece em lugares em que não há água, e observa com uma passividade sociopata Lara queimar até a morte. Você também não consegue roubar a arma dele depois de matá-lo. Qual é o problema com isto?



Felizmente, nem todos os inimigos desta fase são perigosos. A tendência de Marco em contratar os caras mais burros que conseguem aparecer para a entrevista de emprego implica que estes dois homens são rendidos incapazes por algumas chapas de vidro e uma porta fechada, e podem somente observar Lara, enfurecidos com sua própria impotência, conforme ela corre ao redor da sala, matando mergulhadores e movendo blocos.



Não! Saiam do caminho! Eu quero entrar naquele helicóptero antropomórfico!



Eu sinto muito, mas não quero ser a única hoje à noite a ter pesadelos com cães de olhos vermelhos, e helicópteros que parecem estar encarando diretamente os cantos mais sombrios de sua alma.



Tarde demais, Lara, o helicóptero se foi. Este é um problema que não pode ser resolvido com ioga.



Um dos melhores momentos nesta fase é quando essa coisa aparece, igual em Das Boot, no momento em que Lara está mergulhando em um tanque de água profundo. Ela acaba se revelando um pequeno submarino, mas a este ponto, você poderia ser perdoado por pensar que ela era uma bomba atômica pobremente disfarçada de tubarão.



“Que lugar estúpido para se colocar um cartão-chave”: Parte II.



Lara está pegando fogo, e ela não está muito feliz a respeito disso.



À primeira vista, isto parece ser outra pose de ioga, mas na verdade eu suspeito que Lara possa apenas ter caído daquela escada, ao tentar pegar aquele cara de surpresa. Mas ei, ela não pode ser graciosa o tempo todo, pode?



Prepare-se para cair de sua cadeira, em choque, ao testemunhar Lara mostrando compaixão para com outro ser humano. Lara se depara com o Irmão Chen Barkhang, que estava sendo torturado pelos cultistas de Marco, e faz uma pausa para checar as feridas dele. Embora, talvez, ela só esteja pensando em arranjar um substituto para seu mordomo, Winston, quando ele finalmente abandonar o seu fardo mortal (‘abandonar’ sendo a palavra-chave).



“Humm, mãos fortes, mas elas conseguiriam segurar uma bandeja de chá por 18 horas ao dia?”



Eu o vou dar à Core Design o benefício da dúvida, e supor que este foi apenas um posicionamento infeliz da câmera.



Sim, Lara definitivamente superou aquela coisinha de “ligar para outras pessoas”; Ela agora voltou a não dar a mínima, e atirar sapatos em monges gravemente feridos.



Enquanto Irmão Barkhang está contando a Lara como ele, e alguns outros monges, estão tentando impedir a busca de Marco pela Adaga de Xian, o diabo em pessoa aparece e mata o pobre velho.



Lara (que colocou uma roupa de mergulho, enquanto nós não estávamos olhando), corre, dando tiros sem mirar em Marco, antes de saltar para se proteger. “Esse era o meu mordomo substituto, seu bastardo!” Agora a coisa ficou pessoal.



Okay, Lara, esta é a 3ª vez em uma fase que você caiu. Talvez se livrar de seus sapatos em um lugar com muita água e pisos não aderentes tenha sido uma má ideia.



E nós terminamos. Eu decidi que pegar todos os segredos não é maneiro. Quero dizer, eu tenho uma vida, sabe.

No comments:

Post a Comment